pt Portuguese

A importância da meditação em tempos de pandemiaA chegada do Covid-19 e, consequente, a pandemia, vem nos mostrar como a humanidade anda em desequilíbrio em todas as esferas. Do social ao educacional, do econômico ao político, do ambiental ao sustentável, do mental ao emocional. O desequilíbrio é a grande doença da nossa era moderna. 

Como podemos curá-lo? Equilíbrio significa compreender a verdade. Se você não tem nenhuma sabedoria, não pode se tornar equilibrado. É muito importante para cada um encontrar a sua natureza humana (sabedoria). E a meditação tem o propósito de resgatar nossa verdadeira essência. 

Estamos numa posição muito importante, quando sentados em meditação. Devemos encontrar nossa verdadeira identidade e, então, juntos, nos ajudarmos e compartilharmos a existência com saúde, paz e amor. 

Essa pandemia nos oferece a oportunidade de reavaliarmos pensamentos, palavras, sentimentos e ações em relação a essa vida. Como seres humanos, somos todos iguais. Começamos nossa existência com a mesma mente amorosa, então, por que surgem tantas desarmonias? Devemos encontrar a causa primária para a doença deste mundo e removê-la. O caminho para isso: a Meditação! 

“Não corras, não tenhas pressa, onde tens que ir é só a ti mesmo…”  

 Juan Jamon Jiménez 

Sofrimento Humano

A maioria das filosofias orientais citam a mente humana como a grande causadora das destruições do viver. Uma mente ignorante, automatizada, consumista, reativa, compulsiva, ligada aos apegos e aversões, o tempo todo. Essa mente ordinária que olha somente para si, para suas conquistas e seu bel-prazer. 

A questão da insanidade mental está no seu ápice e só retrata a loucura que a humanidade está vivendo neste momento presente, enquanto sociedade/coletividade e enquanto indivíduo/intimidade. 

A meditação é um grande portal para podermos irmos além dos automatismos, condicionamentos e crenças, adquiridos em nossa história de vida. Com a prática constante, a mente ordinária tende a se tornar funcional e uma importante ferramenta de expansão e consciência para o processo de evolução e despertar.  

O que não é a prática meditativa?

  • A meditação não é uma meta a ser conquistada e alcançada; 
  • Não é um processo de transformação e cura; 
  • Não é atingir um estado de graça; 
  • Não é ter ou cultivar poderes especiais; 
  • Não é ter sentimentos agradáveis ou felizes; 
  • Não é projeção, visualização ou concentração; 
  • Não é parar a mente e não pensar; 
  • Não é virar zen e ficar sem stress; 
  • Não é ser espiritual ou iluminado. 

“Quando fazemos um investimento pessoal em nossos pensamentos, criamos o “eu”, então nossa vida começa a não funcionar.” 

 Krishnamurti 

O que é a prática da meditação?

  • A meditação não está relacionada com algum estado e, sim, com seu praticante;  
  • É acompanhar a realidade como ela está; 
  • É observar pensamentos, sensações e sentimentos, sem se identificar; 
  • É aceitação, atenção, não julgamento e não expectativas; 
  • É estar inteiro, no momento presente; 
  • Tudo aquilo que você quiser obter com a meditação, vem como consequência de sua prática e disciplina diária;  
  • Vem com o desenvolvimento da atenção consciente ao momento presente; 
  • É trazer consciência às ações, ou seja, tudo que você estiver fazendo com consciência é meditação (seja comer, beber, falar, ouvir, etc…); 
  • Em nossa natureza essencial habita a calma, a amorosidade, o silêncio interior.  
  • Habita a consciência de que só podemos ser plenos e felizes neste exato momento: o presente. 

“O julgamento é o fracasso da escuta e da compreensão…” 

Roberto Crema 

O processo

A importância da meditação em tempos de pandemiaQuando pausamos a nossa correria, temos uma excelente oportunidade de observar a nós mesmos e à nossa volta. Experimentar como estamos, como nos sentimos, como pensamos e, também, como nos relacionamos com os outros, o ambiente e o planeta. 

Durante o silêncio, temos a possibilidade de melhorar a escuta interna e externa, isso se chama compreensão e se torna compaixão. Ao pararmos de julgar (certo/errado, bom/mal, melhor/pior), caminhamos para a harmonia e o equilíbrio, criando a consciência de que cada um tem verdades e percepções diferenciadas. 

Se pararmos de criar expectativas, evitamos frustrações e desânimos. Deixar de alimentar pensamentos e hábitos condicionados ajuda a criar caminhos de alegria e amor. 

  • O mais importante é trazer a meditação para o dia a dia;  
  • Estar presente a cada ato;  
  • Trazer um estado de percepção ampliada do momento presente;  
  • A disciplina é importante no que se refere à atenção;  
  • Quanto maior a atenção, melhor a qualidade do viver;  
  • Através da meditação, podemos transformar nossa vida em todos os níveis. 

Perguntaram ao Buda: “O que você ganhou com a meditação? Ele respondeu: Nada. Mas, deixe-me dizer o que perdi: ansiedade, raiva, depressão, insegurança, medo da velhice e da morte.” 

Dicas de meditação para a prática diária

  • Encontre tempo para a maior aventura do Viver: a Meditação;  
  • Ponha uma intenção para apenas “Ser”, abandone o “Fazer”; 
  • Encontre um tempo e espaço para você praticar; 
  • Faça a conexão com o aqui e agora; 
  • Apenas seja uma testemunha relaxada;  
  •  Esteja aberto (a) a aceitação do que vier; 
  • Não crie expectativas; 
  •  Pratique o não- julgamento; 
  • Acompanhe e observe o mundo interno e depois o externo. 

O que importa não é o tempo de meditação, a hora do dia ou a quantidade, mas, a qualidade da prática. Esteja consciente do momento presente. 

Eternizar o presente, presentear o eterno… 

Benefícios

Os resultados vindos de uma prática constante são inúmeros. São consequências de uma prática constante e não de uma meta a ser alcançada. Entre eles: 

  • relacionamentos saudáveis e amorosos; 
  • autoconhecimento; 
  • aumenta a produtividade, concentração e memória; 
  • melhora o sistema imunológico; 
  • ajuda a superar traumas; 
  • desperta a mente consciente; 
  • traz motivação; 
  • melhora a autoestima; 
  • liberta crenças limitantes; 
  • ajuda a relaxar; 
  • pode conter a raiva; 
  • ameniza o stress; 
  • evolui a compreensão e clareza mental; 
  • promove o bem-estar e a paz interior. 

“Quando você começa a meditar, começa a ver os milagres.
Depois de um tempo, você percebe que está criando os milagres.
Por fim, você entende que a vida é um milagre!”  

Deepak Chopra 

Conheça o curso personalizado on-line de 8 encontros com Maurício Bastos. Saiba mais aqui.

Espalhe amor

Add Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

15 − 3 =

Phone: 11 9 9174 8290